domingo, 6 de dezembro de 2009

Segundo dia, o dia todo

A calma me mata a alma,
O trabalho me fuzila o corpo.
O que dirias se não mais me ver?
Não me amas é melhor desaparecer.

Só montanha atrás de montanha,
Ô Deus me mata dor tamanha.


Thiago Mendes

Nenhum comentário: